sábado, 9 de julho de 2016

MESTRE PARANÁ


Osvaldo Lisboa dos Santos, o Mestre Paraná, nasceu em 25 de setembro de 1922 em Salvador – BA, filho de Cândido Lisboa dos Santos e Albertina Maria dos Santos. Faleceu em 7 de março de 1972 no Rio de Janeiro - RJ.
Mestre Paraná iniciou na capoeira aos 10 anos de idade, na região do Alto das Pombas, no bairro da Federação em Salvador, no ano de 1932, com o Mestre Antônio Corró, que nasceu em 1870, ex-escravo, analfabeto e carroceiro do Cais Dourado em Salvador.
Veio para o Rio de Janeiro - RJ no final dos anos 1940, já acompanhado de Maura Bastos (a Tia Maura), logo após sair da Marinha do Brasil, onde treinou boxe e cumpriu o serviço militar.
Teve como primeira moradia no Rio de Janeiro o bairro do Flamengo, posteriormente mudou-se para a Av. Itaóca em Bonsucesso, depois para a Rua Miguel Burnier (também em Bonsucesso), onde fundou o Grupo Folclórico de Capoeira São Bento Pequeno e finalmente a Rua Miringa em Realengo.
Foi o único mestre de Capoeira a tocar berimbau na Orquestra Sinfônica do Teatro Municipal do Rio de Janeiro, onde foi percussionista e também o único mestre de capoeira a possuir uma CARTEIRA DA ORDEM DOS MÚSICOS para BERIM-BAU (assim está escrito na carteira).
Gravou um compacto duplo pela CBS em 1963, "Capoeira Mestre Paraná", com toques de Angola, São Bento Grande, São Bento Pequeno e o corrido Avise A Meu Mano, de sua autoria.
Apresentou-se no Brasil e em Portugal, com a peça “O Pagador de Promessas” (de Dias Gomes) acompanhando a Cia. de Danças de Mercedes Batista e no cinema junto a atores como Oscarito e Grande Otelo.

Faleceu no próprio local de trabalho, o IPASE (no centro do Rio) onde foi marceneiro muito admirado e conceituado (daí talvez a razão dos seus berimbaus, verdadeiras obras-primas).

Um comentário:

  1. Obrigado mestre por esse artigo. Muito legal a historia do Mestre Paraná.

    ResponderExcluir